Você entrou em minha vida de repente,
Como um raio de sol pela fresta esquecida...
Pondo incêndio de cor num ponto reluzente,
Ao canto de uma sala triste e carcomida...

Você se aproximou quando tudo era frio
E nada mais havia em mim para mostrar...
Apenas lhe entreguei um coração vazio,
Que encheu-se de alegria ao ver você chegar...

Na terra ressequida flor alguma medra,
Mas seu sorriso fez brotar o que morrera,
E até a flor nasceu numa fresta de pedra...

Eu não sei explicar, mas é tanto “porquê”,
Que me faz bendizer os céus a vida inteira
Por ter, em dia escuro, encontrado Você!...

Maria Inês Aroeira Braga

 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

::: Crysgráficos&Design :::