Se numa nuvem estivesse,
eu o pegaria nas minhas asas
e contigo voaria,
para um mundo mais belo,
surreal, onde só houvesse amor,
alegria e muita paz.

Dar-te-ia um nome também:
Serias o Meu "Rei," e eu " Tua Rainha",
para poder planar,
qual águia veloz e corajosa,
para te levar à Terra do Nunca,
onde te beijaria, com tanto carinho,
que minhas penas se soltariam
do meu peito, de tanto amor!

Mas, não sou Águia Corajosa,
antes, Pássaro Pequenino
que de um ombro precisa,
para poder se abrigar,
do vento e das tempestades
que estão para chegar..

Amo-te! É certo,
tentarei alçar vôo,
nem que dure um momento,
ter-te-ei em minhas asas
e te darei um aconchego.

Vem. querido, vamos voar,
sem medo da vida,
sem medo de nada,
com o vento a nos embalar.
Vamos tecer nosso ninho,
para podermos amar!

Eda Carneiro da Rocha

 

 


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!