Meu manto é de púrpura real,
para cobrir-te com meus rogos e anseios,
da poesia que se fez guarida em minh'alma
a germinar de amor.


Louvada seja, Maria, que embeleza a minha vida
com tanto Fervor!..
Mesmo em sua dor, não nos deixou e
recebeu seu Filho Amado, descido da Cruz,
com todo amor !
Louvada seja a Luz que vem de Deus,
para nos dar alento, em nossos dias atribulados!

Que este céu de ilusão nos dê dias melhores, capazes
de nos tirar da solidão!..
Que este nosso coração seja suavizado com a
magia do Amor, que, com esse coração todas
as mazelas sejam retiradas, pelo bem do Amor!

E, que esta Poesia me acalente, me tire
do lugar ermo e triste que me faz quase querer ser
um Poeta Ermitão!

Não deixarei que isso aconteça !..
Tendo a poesia, não ficarei só,
não serei ermitão!
Serei apenas a forma e o fundo,
em prosa e verso da
Magia do Amor!..

Eda Carneiro da Rocha



::: Menu ::: Voltar :::


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

CrysGráficos&Design