Vem pra mim, assim!
Com esta vontade e esta ânsia de amar.
De me prender neste amor, não realizado...

Vem!
Dá-me tuas entranhas da alma, de corpo,
faremos um amor prolongado,
sem pausas e evasivas!..
Não! Não quero mais evasivas!

Quero um amor compartilhado,
explodindo ,em nossos corpos,
como fogos de artíficio
para saudar este Ano Novo,
recomeçado, renovado,
em suave seiva impregnada,
jorrando mais uma vez, em nós,
cascata inebriante, onde espoucarão
todas as salvas ,com que brindaremos ,
nosso amor !..

E, este Novo Ano será a saudação
de nosso reencontro ,desencontrado,
onde muito te amarei,
muito me amarás,
neste céu estrelado,
neste champagne gelado,
que escorrerá por ti, por mim,
onde beberei a seiva do meu real prazer!..

Vem!..
Vamos comemorar a sós?


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

::: Menu ::: Voltar :::


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Tube:Suzi Sgai