Essa, eu a conheço muito bem.
Já lá estive, fiz vôos rasantes ,
acompanhada de um amor que quis passar,
me incitando a um vôo, no espaço sideral!..

E mergulhei, com todas as forças,
de cabeça, sem nada pensar,
só em amar e construir nosso ninho.

Disse-me que tinha voado comigo,
tinha se sentido no ar,
preso as minhas penas,
roçando a minha plumagem,
como um beijo, impossível de se dar!..

E, eu nem soube falar,
de tão feliz que fiquei,
pois ele havia esquecido
por uma fração de segundo
que podia tocar minha mão,
que podia até me beijar,
sem restrições, sem falar,
apenas amar.
apenas viver.
esquecer e voar
à Terra do Nunca,
onde nos encontraremos outra vez,
para muito amar e ficar!..

Eda Carneiro da Rocha

" Poeta Amor"



::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!




CrysGráficos&Design