Parei o tempo, no tempo.
Dei volta e meia, nos ponteiros da vida.
Resolvi te esperar!
Não seriam mais sombrios dias,
esta espera de amor!

Seria o encantamento do Tempo,
que me daria trégua,
para te amar novamente.

Não envelheceria.
Só viveria a tua espera,
para tomar-me, em teus braços,
e comigo amar,
no tempo do tempo
que a vida me reservou!

E, assim, abdico, hoje, deste tempo.
Nada importa mais...
Espero-te, com a alegria dos amantes.
Até que um dia possamos nos amar!..


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

 

::: Menu ::: Voltar :::


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

CrysGráficos&Design