Com minha boca entreaberta
espero a tua incessantemente.
Beijo dos deuses que guardareii
por toda a minha vida!..

Nesta longa espera que me impuseram
Perdi a conta dos dias, horas, anos,
nesta espera que me faz te ter perto
sentindo teu hálito de amor...

Sei o porquê desta não vinda.
Há sóis, luas, que nos esperamos,
Para selarmos com este mesmo beijo
o fim desta espera...

Continuo e continuarei a te esperar,
" Meu doce Sonho de Amar"!..


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
25/06/2013


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::