Aquele que passa, em tua vida
querendo ficar,
te amar de todas as formas:
brincando,
chorando,
possuindo,
perdendo,
achando!..

Achando essa alma perto da minha,
esse corpo me pedindo carícias,
olhos, farol dos meus desenganos,
calor dos meus dias frios,
sol que adentra pela minha janela
me leva embevecida,
me transporta nos braços
me ilude,
me engana,
me diz coisas verdadeiras,
me trata, como mulher amada,
me possui,
fala ao meu ouvido!..

Nada mais sou
que o "Amor"
que te quer agora,
para embalar teus sonhos,
para que não morram.

Me despertem desta letargia,
me levem ao paroxismo,
para ser o que sou e serei
depois de mil anos acorrentados,
me libertei, para te dizer:
" Sou o " AMOR"
TEU AMOR,
SÓ TEU!


Eda Carneiro da Rocha





CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!