Amo a vida e as pessoas,
sem medo de ser feliz!
Sobrevoo os resquícios de minh'alma,
Voo, num vôo altaneiro, em direção
a minha liberdade!

Ninguém me calará!
Sou aquele pássaro, que, apesar de pequeno,
se lança, como águia,
ao encontro do seu amor!

Vejo a Lua, descortino Estrelas
que me dão a vontade de subir aos céus,
para de lá te ver agarrado a mim.
Eu, a ti, como dois seres imersos
nesta imensa sofreguidão.

Beijarei a boca da noite,
quando ela me fizer companhia!
Usarei teu peito, como travesseiro.
Te amarei e me amarás, mas serei livre,
como esse pássaro que voa
para alcançar o Infinito do nada!


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor "



::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!




CrysGráficos&Design