Semeias rosas em minha vida,
Sem espinhos!
Só amores, cheio de cores,
rosas que o são!

Vivo no teu perfume, neste olor de rosas
que me preenche a vida
me faz ser feliz, querida!

Com a poesia inebriante deste poema,
Só a Felicidade entrará pela minha porta
e também rosas!

De todas as cores e procedências,
sem nomes, sem lembranças.
Só carinho, em profusão
dando-te sempre a mão
a boca para beijar,
o corpo para enlaçar
num nó sem amarras,
feito qpenas de amor
com todo o nosso calor!

Sim, Semeio Rosas e as semearei sempre,
pois elas me lembram teu suave frescor!


Eda Carneiro da Rocha
” Poeta Amor”


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::