Se tivesse que falar de ti
seria feliz, muito feliz!..
Querer-te, como te quero,
é transcender a vida,
é amar o vento,a neve,
o fogo, a água,as flores ,e,
principalmente as
"Borboletas"!

Se tivesses que existir,
em forma de poema,
serias o meu bem maior,
meu aconchego,
meu ninho,
meu pássaro,
pequenininho,
criado dia a dia,
alimentado no biquinho!..

Serias as ondas do mar que me embalam,
quando durmo e contigo estou!
A suavidade de um pensamento de amor
que só fale em ti!

Meu bem, meu mal,
meu pecado, minha remissão!
meu Amor, encontrado ou não!

Juro, a teus pés que vou te amar,
como alguém
que só sabe decantar este amor!

E fato visto:
Hei de te amar,
não importa aonde,
o dia, a hora.
Só me importam
tu e eu,
feitos unos,
integrados,
afagados,
por este contato divino
que é a grandeza de " Amar"!

Eda Carneiro da Rocha


 

 

 
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

 

Formatação/Arte Final: Crys

Imagens: Moonandback