Me sagrei para ti,
larguei minha vida no topo do mundo.
Desci a colina dos impossíveis,
entrei nos possíveis e dei-me a ti.

Dei-me de uma maneira desabusada,
íntegra, perfeita e querida.
Ofereci minh'alma para que fizesses um altar,
onde depositaria meu corpo desnudo e teu.

Amei-te, como jamais amei!
como sol, lua. sereno, chuva, garoa,
embaçada dentro de mim.
Foi o meu momento, nosso momento,
em que galopei e que galopavas
frenético, em pensamento urdido, temido
e realizado!

Não mais procurar nada
não mais encontrar ninguém.
Só a ti,só o nosso amor incontido
represado, domado, perdido e achado.!..

Te achei num vale descampado,
onde procurava meu continuar...
Meu compasso descompassado,
minha vida a caminhar!

Não estou mais trôpega,
não claudico mais,
nada mais peço à vida!
Simplesmente... te achei!..

Eda Carneiro da Rocha

....


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

Art Design: Fomatadora de Sonhos