Hoje estou muito atarefada.Não tenho tempo pra nada.
Preciso ganhar a vida, correr atrás do dinheiro.
Afinal, não é ele que manda no mundo inteiro?
A gente vale o que tem.É preciso ser alguém.
Ter sobrenome famoso, porque nome, qualquer um tem.


O meu tempo?
Não sobra pra visitar os doentes, ajudar deficientes,
nem pra me preocupar, com criancinhas carentes:
Sujas! Chatas, querendo abraçar a gente.

E não quero nem pensar em papo chato de amigo,
de parente que só falam de problemas.
Problemas?
Cada um cuide dos seus, pois eu cá, já tenho os meus.

E, quando o tempo me sobra, é preciso descansar.
Não sou de ferro!
Vou passear.
Praia, campo, futebol, namoro, cervejinha lá no bar,
vou ao shopping, vou gastar...
Mas isso é hoje. Sou jovem! Quero viver! Preciso aproveitar!

Amanhã, quando me aposentar, tudo será diferente.
Vou praticar caridade. Quero ajudar tanta gente!
Ah! eu vou me modificar.

O Evangelho, o Nosso Lar, são livros que já comprei.
Só não lembro, onde os guardei!
Mas amanhã, vou procurar. Depois que me aposentar.
Vou ler, vou aprender... e prometo! Serei mesmo outra pessoa,
preciso me transformar.

Amanhã, amanhã, amanhã já foi .
Hoje, ontem...
Nossa!
Amanhã, virou passado!
Como o tempo anda depressa!
E eu?

Eu fiquei aqui parado. sentado no banco da estação
pensando em me transformar, pensando em fazer o Bem.
Pensando, pensando...gastei meu tempo.
Amanhã ficou pra trás.
Não dá mais!
Tchau!
Chegou meu trem.

* Mensagem Psicografada pela minha querida amiga:
Lizette Veras



Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

::: Crysgráficos&Design :::