O Amor Jamais é um Grilhão!

Amor é o que se sente com a alma lavada,
dos mananciais que correm pelo meu corpo afora!
É lágrima, sorriso, tristeza, volta e ida!
Jamais preso, não se subordina a nada!..
Só à força de teu beijo que me prende,
me enleva, me faz ver a vida contínua,
com perspectivas infindas!..
Sem ti, jamais poderia viver,
sendo concreto ou abstrato,
és Amor, em minh'alma
que de tanto sofrer e amar
" Chora"!..
Chora a ausência de tua presença,
que me invade a qualquer hora,
sem que eu saiba o porquê!..
Talvez por te desejar tanto,
que meu pranto se esparrama
me tira a calma e me faz impaciente
à medida que Amo!
Sem grilhões te amarei,
com grilhões tornarei a te Amar,
visto seres minha cadeia de alquimia,
jamais solta no espaço!
Amo-te e nada nem ninguém
te tirará de mim,
"Alma que é minha,
Eu que sou tua!..

Eda Carneiro da Rocha

 
 
 
 

Imagem: Ramoore

Arte Final/Formatação: