Que amor é esse que nada pede,,
nada espera, a não ser o amar ?
Que amor é esse que me inebria,
me enche a alma e o coração?


Glória! É o meu amor!
É o teu amor, na infinita Glória!
Subiu aos céus e eu nem sabia!..
Bendito seja, em nome do amor,
do amor que carrego e canto
e conto, nos meus versos!..

Como queria estar agora,
na Glória, contigo,
para cantar todas as Hosanas,
e sei que seria ouvida
pelo Rei dos Reis,
pois muito Ele nos amou!

Assim, poeta sou e serei
para te dar todo o meu amor
da forma que sei,
do jeito que é só meu
do jeito que é só teu!..

Eda Carneiro da Rocha



 
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!