Vem!..

Vem, dá-me tua mão!
Vamos caminhar juntos,
na mesma direção!..
Iremos pelo Bosque Encantado,
ao encontro do Amor
que será nosso suave Raio de Luar!

Falaremos com as Borboletas
que serão nosso guia...
Beija-Flores nos acompanharão,
nesse passeio encantado!
Fadas nos guiarão, e, receberemos
essa bênção, com muita emoção!

Nosso leito será um tapete de Estrelas.
A Lua derramará seus raios, para nos iluminar.
O Céu se cobrirá de festa ,para nos saudar.
Faremos essa trajetória dos nossos corações!..

Vem!..
Dá-me tua mão!
Te iniciarei nessa cerimônia sagrada
e, nos consagraremos, no mais puro amor,
com a Fada chamada Ilusão
que tornará nossos dias mais amenos,
mais sagrados,
pois nunca nos esqueceremos,
nos amaremos para sempre,
como brilho espalhado,
corações alados,
em nossos peitos,
que não mais chorarão,
pois terão encontrado
esse Amor consumado,
deixando de ser apenas
uma Ilusão!..

Eda Carneiro da Rocha

***

 

Amor Consumado


Vem, dá-me tua mão!
Vamos ao encontro deste grande amor,
tentar pegar nosso raio de sol,
que tanto brilhou, em nossos corpos,
vamos consumar esse despertar,
esse sonho imaculado.

Vamos fazer nosso ninho,
com os raios prateados da lua,
para nos amar, como a pureza de uma flor,
e o cantar dos pássaros, para nos despertar,
deste amor pleno, que tanto iremos festejar.

Neste leito de raios prateados,
abriremos nossos olhos e nos aconchegaremos,
para sermos banhados com as estrelas do céu.
Nossos corações se encontrarão,
faremos o caminho do nosso grande amor.

Sairemos, para irmos ao encontro,
da nossa Fada Ilusão...
Que tornará nossos dias plenos
de um amor que nunca esqueceremos
e, que será espalhado,
com toda essa magia inacabada!

Maria Aparecida Macedo
"Maria Anjinha"


***


Amor Consagrado

Dou-te minhas mãos,
Dou-te a vida que habita meu ser
No pulsar de meu coração,
Para comungarmos o Amor
Sagrado, imaculado, predestinado,
Pois sou tua, assim como és meu!..

Dou-te as mãos,
Seguiremos pelo bosque encantado
tendo como guias, borboletas e beija-flores.
Sob o prateado do Luar, e o brilho das estrelas
que tecerão manto luminoso para adornar
nosso leito de amor, até o raiar de um novo amanhecer!..

Dou-te meu corpo
Tornemo-nos unos neste ato de Amar..
Consagra este momento, amor meu
Cobre-me com teus amores
Liberta a Fada das Ilusões
Perpetua este nosso Amar
que já se faz dourar, pelos raios
do Sol que chega anunciando
O milagre de mais um amanhecer!..

Dou-te as mãos, vamos juntos
Onde quer que o destino queira nos levar
Pois sacramentado está este nosso Amar
A Fada da Ilusão cedeu lugar
Para a mais bela realidade, onde
Eu, deixo de ser sonho, e tu tornas-te
Meu sonho realizado, neste
Universo que, rege linda sinfonia
composta pelos acordes maviosos
do verdadeiro Amor!..

Dou-te as mãos,
Dou-te minh'alma,
Comungo contigo a Vida
Neste Sagrado momento, em que
deixo de ser Só, para unir-me a ti,
neste ritmo palpitante de nossos corações
Nos tornando Unos, pois
Sou tua, assim como és meu!..

Thais S Francisco
"beijaflor"


***

 

Permissão em Vir, Consumir e Consagrar...

Hoje permito do dia trazer sonhos e fantasias,
deixo presos na masmorra os desencontros,
abro a porta do coração sem receios,
com margaridas enfeito as ameias
de nosso Castelo de Sonhos...

Vou fazer em dourado o arco em triunfo,
de nossa vitória no andar descalços,
de nossos passos de mãos dadas,
cantando de nossa verdade em caminho,
feito em única ilusão do amor...

Quero deixar solta ao vento morno do sol,
toda a vibração na melodia imortal,
minha alma fazendo duo na canção,
no encontro de nossas vidas
teimando em um só coração...

Encanto do ser o estar em vôo tão esperado,
em meio aos fios prateados firmes na liga,
de nossos corpos não mais extenuados,
mas interligados na fonte única do prazer,
planado no êxtase do saber ir e vir...

Creio na liberdade realizar sem quimeras,
sem fugir da inocência em cores vivas,
fazer da primavera no bailar colorido,
entre diáfanas asas de borboletas e beija-flores,
encontrar do mel o sabor de mel...

Venho de um mundo paralelo buscar do elo da rosa,
sei dos espinhos ferirem em dor na cor da pele,
tenho dos pés um caminhar em nuvens azuis,
em mãos abertas deixo fluir um arco-íris,
segure minha ilusão, não sei andar sozinho!

Vem,
Consome,
Consagra,
Vive em mim todo o nosso amor!

Ramoore


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Arte Final:Crys

Imagem Top:Art by Old Hippie Art