Procuro a rima que rime com rima.
Não a encontro e me desespero.
Onde estás, Rima dos meus amores
dos meus cantos, anseios e dores?

Quem sabe um dia eu a encontre
e vá correndo levar a esta amiga
tudo o que não sei dela ainda
e a farei feliz numa rima linda

De um Soneto que ela tanto insiste
que na minha insapiência desiste.
Ah! Rima de minh'alma, vem agora
e não deixes mais este ser que chora!

Procuro a rima de uma canção
repartida como rosa em botão
rima que persegue meu coração.



Eda Carneiro da Rocha
” Poeta Amor”


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::