Pensativa, olhando através da vidraça,
não sabe o que será...
Suas vontades, seu " eu"...
Que terá guardado para o futuro...

O que escolherá?
Menina que é, nada sabe...
Que Deus a faça saber,
para não sofrer ...

Uma escolha certa,
uma verdade segura,
para seus dias que virão!

Mas escolherá, no momento oportuno,
sua imagem, sua realidade nua e crua,
esta menina pensativa que fui um dia!..

E percorri estradas fáceis e difíceis,
para chegar aonde estou, me amando,
tendo escolhido da vida o que sempre senti,
alma dispersa no Infinito, para te encontrar
e contigo muito te amar!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



::: Menu ::: Voltar :::


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

WebMaster/Designer-CrysGráficos&Design