Preciso da tua voz,
De teu carinho,
grande ou pequeno,
mas que aqueça o meu coração!

Não preciso ser rio,
serei riacho,
onde lavarei meus pés descalços,
após ter entrado na mata virgem,
perseguindo as borboletas!

E terei visto as fadas, duendes, elfos
e todos os seres imaginários
que me darão o pote de ouro,
para ter " Felicidade",
como julgam os cá de fora!

Mas, meu Pote de Ouro é bem outro!
Consiste em ver o entardecer,
o brilho das Estrelas,
e o Sol nascer !

E, quando Ele desponta,
já corri atrás dos morros,
comi muita fruta silvestre,
conversei com os passarinhos
e, me transformei em ilusão.

Sou a Fada Ilusão
que atende todos os pedidos,
desde que seja um pedido sincero
que saia do seu coração!

Você quer ir comigo,
Para esta terra encantada?
Toma a minha mão,
Caminharemos juntos,
veremos a Lua Prateada!

E, após todo esse tempo,
a Fada foi embora
e me tranformei em " Ilusão"

Eda Carneiro da Rocha

 

 

 

Gráficos/Formataçãol:Crys

Imagem:Josephine Wal