Nos teus dias vividos ,ao meu lado,
agradeço-te pelos ensinamentos,
às vezes rigorosos, mas compreensíveis,
pois muito sofreste com os teus!

Novo, amoroso, fazendo cartas de amor,
ao teu amor: "Minha Mãe"!
Que conservo comigo ,até hoje,
pois o que mais contava nessa época
era o amor sentido e vivido!

Bem novo, foste à luta!
Venceste, tiveste duas filhas:
Miha irmã linda ,com olhos verdes,
e ,eu: a Edinha, assim chamada!

Não por ser dia dos pais,
mas te faço um tributo de Amor,
aonde estiveres, recebe minh'alma e coração
perdoa as minhas falhas
que, possivelmente ,tive!

Amo-te,e, te amarei sempre!
Aqui, lá, aonde for,
quando fizer a minha grande viagem,
para todos encontrar!

Aceita, hoje, esse poema,
com muito amor no coração,
para que triunfante possas estar ,com Jesus,
vendo sempre tua filha a caminhar,
na senda do bem
que me ensinaste a palmilhar!

Eda Carneiro da Rocha
" Homenagem ao Dia dos Pais"


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!