Nosso abraço é laço contínuo
que não se desfaz.
Nossos beijos, junção de nossas bocas
Que não se afastam e sentem múltiplas sensações...

Nosso orgasmo é corpo unido ao outro.
É concha que se abre,
na entrada do teu frêmito de amor.

Abraço, beijos, orgasmo
Trilogia perfeita
Junto as nossas almas,
chamas de vida
Que jamais se apagarão!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::