Nesta tarde, em que anoitece,
quero dançar este bolero contigo.
Uno-me em uma só, colo-me em ti ,
pernas enlaçadas, corações disparados,
sentindo esta cadência desta música tão bem marcada!

Não quero que me fales de amor agora!
Deixe que nossos corpos falem por si,
tudo o que deve ser dito, através desta dolência,
que nos arrebata a alma!

Pega-me, abraça-me, beija-me,
fales de tudo ou de nada.
Mas não me deixes mais sofrendo assim,
neste langor frenético, em que me encontro
te procurando a esmo, sem nunca te encontrar!..

Ama-me, agora!
Já podes me falar de amor.
Não me deixes mais esperar assim!..
Sou tua, és meu, nesta ânsia louca,
com que me beijas a boca, amado meu,
ao som deste Bolero, em que te encontrarei
antes do anoitecer!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"




Menu ::: Voltar


 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

CrysGráficos&Design
Webmaster e Designer:Crys