Não Deixo a Vida Passar

Não deixo a vida passar,
não poderia.
Ela já passou muito,
rápido demais.
Quase me engoliu
na sua sede de ilusão
que não aceitei.

Não, não deixo a vida passar
mais nem um dia,
não poderia.
Morreria
sem ti
que és tudo pra mim.

Não és esse amor
que todo mundo imagina.
És muito mais...
És o meu coração
que olho e contemplo
de fora pra dentro
e me vejo não mais perdida,
não mais sozinha,
pois o encontrei,
dentro de mim,
na lembrança que já passou
e que se curou.

E, na ânsia de esquecer
fui quase feliz.
Pois esquecendo de ti
sobrou a mim,
para me dar a alegria
que precisava
para não mais deixar
a vida passar.

Eda Carneiro da Rocha

 

...

 
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!