Toma-me, faze-me tua, agora!..
Cola teu corpo ao meu,
possue-me,
goza-me!

Preciso te sentir,
teu cheiro,
teu sabor,
teu mel misturado ao meu,
nesta hora sublime,
em que encontro minh'alma na tua.
Meu eu dentro do teu!

Sem palavras, lânguidos de amor,
brota a seiva inebriante,
escorre por mim, por ti,
fazendo nascer
poentes ,
estrelas,
cometas,
constelações!..

Sou tua,
acabei de ter
o gozo que queria,
seiva da vida,
ânsia incontida,
paixão desenfreada,
chamada " Amor"!

Neste meu " EU"
descortinei-me toda,
desnudei-me,
fui tua,
foste meu,
completamos
nosso Ciclo de Amor!..

Eda Carneiro da Rocha


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!