Existe, como em todos nós!
As vezes, me dá medo!
Falo com ele sobre a vida,
passado, presente e futuro!..

Sorri!
Parece meu cavaleiro!..
Não quer que eu sofra,
que viva de ansiedades,
temendo um futuro que virá,
um passado, em que já paguei o preço,
um presente, em que vivo, temerosa!..

Não!
Diz-me ele!
Quero te ver ao clarão da lua,
em volta de uma fogueira,
em que serei teu amo cavaleiro e dono!
Em que possuirei teu coração,
serei teu lobo interno,
te tirando todas as mágoas,
te fazendo bailarina,
do meu rico coração!..

Me contarás as tuas agruras,
tuas verdades e mentiras,
teus sonhos e fantasias,
para que eu, lobo interno, que seja,
possa depurar de ti toda essa nostalgia!

Quero te ver bela e linda,
acompanhada por mim.
Não, como um fantasma temente
mas, como um amor triunfante,
que só viverá feliz doravante!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

::: Crysgráficos&Design :::