Ah! Loucuras Poéticas,
impregnadas em minh'alma,
que me levam ao píncaro do Amor!
Sem medo, descortino minha estrada,
afago meus sonhos impossíveis,
para que nunca me deixes!..

Como quero ser amada!..
Selar meus lábios, no descortinar do dia,
fazer do teu peitotodo meu anseio,
não te deixar jamais partir!..

Sou uma andorinha que voa, em busca do teu amor,
de telhado em telhado,
de beiral em beiral, trêmula, com frio e fome,
te olho, no peitoril de tua janela
e espero o amanhecer só para te ver!..

Não quero mordaças, nem ledos enganos!
Quero ser a tua amada,
sem medo dos negativos da vida
quando meu retrato revelar.

Quero uma imagem bem colorida,
de tapetes verdes,
de flores e beija-flores,
borboletas e amores
e contigo me enternecer!

Eda Carneiro da Rocha



CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

Tube:Marcio C.