Como num jogo te quis inteira!
Da vida, serias minha para sempre:
Brincaríamos do " Jogo da Vida"!

Tabuleiro à mão, campos opostos
reconhecerímos nossa paixão!
Jogo duro, atrevido,audaz
para nos roubar a calma,
a alma e tudo o mais!

Lancei no ar meu grito rouco,
te arremessando no meu peito,
travesseiro de penas,
onde descansarias
de todo este Jogo da Vida:

Vida ou Morte?
Vida!
Foi a resposta que te dei!

Vem, vida minha!
Não serás mais um Jogo
no Tabuleiro da Vida.

Serás minha essência querida
Bi-partida de amor
neste suave Jogo da Vida
onde te amarei com todo fervor!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::