Vem, Isabella, trazer para este mundo teu suave encanto!
Teu poetar em forma de balbuciar.
Teu choro alegre, para fazer feliz aos que te amam!

Isabella, nome doce que me transporta aos céus
de minh'alma!
Onde cantarei sonetos, poemas,
todas as formas de dizer:
" Te amo, Isabella!

Isabella querida, semente de nosso ser,
Anjo querido, está para nascer!
Saudemos, todos nós, a ti, doce menina,
te esperamos, suavemente
alegria de nossos dias!


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
1º/06/09

Uma Homenagem singela a Isabella,
futura netinha de nossa querida
e Excelsa Poeta: Efigenia Coutinho.


::: Envie essa Página :::

 

Musica: Canção de Ninar (Brahms)
Tube: KaraT4904
CrysGráficos&Design