Inédito é o que escrevo, agora, para ti,
com meus caminhos e descaminhos...
Neste Poema ,quero que encontres
o que nunca foi dito, nestas linhas,
em que me descortino toda, para te amar!..

Inédito é o que sinto por ti, sem de nada saber!...
Sem de nada entrever, sem querer, querendo,
fugindo deste sentimento, em meu coração!..

Inédito é não te ter, enquanto estou viva.
É não ver o Sol nascer, a Lua se esconder,
se fazendo bela, para este nosso querer!..

Inédito é este poema que faço agora,
para que saibas, que estando ou não aqui,
serás sempre Inédita,
neste nosso viver, neste nosso querer,
tranformando todas as palavras
neste Inédito Amor!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor "



::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!




CrysGráficos&Design