Improviso

Cheguei, sem nada falar,
vi , sem mesmo olhar
senti ,sem perceber que ele chegara.

Corri, para não sentir
a incerteza do nada.
Mesmo assim,
foi atrás de mim.
Tinha alguma coisa para me dizer.
Não podia, a emoção era tanta
que calou.
Fitou seus olhos nos meus
e pela primeira vez me olhou,
visto que até agora só me via.

Olhou o que queria ver.
Olhou dentro do meu coração
e viu todo o amor represado,
guardado, que era só seu.

E ele não sabia,
ou não queria saber.
A comodidade o impedia
de querer e de saber.

Foi, quando olhou uma segunda vez.
E conseguiu descortinar,
pela primeira vez
um grande amor
que era só seu.

Eda Carneiro da Rocha


....

 
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!