"Impromptu"

Neste " impromptu" que é mais teu que meu,
improviso minha vida,
no ar que passa, na brisa da manhã,
na garoa que já começou a surgir
nas noites e madrugadas
sem fim!..

" Impromptu" de minh'alma que procura a tua
com uma saudade imensa,
que corre,
voa,
saltita,
dansa,
como esta melodia,
que dá vida a minha vida!..

Que não deseja mais parar de te amar,
senão morreria.
Nesse compasso chopiniano
que me arrasta
atrás de ti,
como som
inacabado
do que não construímos
no passado!

Então, amor!
Não terminemos agora!..
Ela nos chama ...
Queres?
Solta ,então, tuas asas e vem
mergulhar
nesse gemido
que é só teu,sempre teu,
jamais meu!..

Eda Carneiro da Rocha


....

 
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Imgs.: MoonAndBackGraphics