Hoje, olhei pela vidraça,
Não te vi!
Não estavas aqui.
Foi mera sombra fugidia
que logo se apartou de mim!..

De novo te procurei.
Poderia estar enganada com esta ausência.
Mas não!
Não estavas mesmo aqui!..

Deixei que minhas lágrimas lavassem meu rosto.
Levassem toda esta tristeza, para bem longe.
Tão longe que talvez te encontrasse, nesta viagem.

Quem sabe as almas se tocariam, nesta imensidão do espaço,
nos fazendo dar um beijo trocado, com amor,
para mitigar um pouco esta distância
que nos causa tanta dor!

Mas ela é impiedosa e me disse;
" Sou a distância dos eternos enamorados"
Não posso me aproximar,
pois há este espaço infinito a nos separar"!..

" Mas um dia, quem sabe,
virei para ficar, para te amar.
Não serei mais esta distância
seremos apenas tu e eu, nos fazendo amar"!...

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"







::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Tubes:KaraT1481/4777dwtubes
CrysGráficos&Design
Webmaster e Designer:Crys