Eu as colherei todas.
Não deixarei passar uma sequer,
enquanto vida tiver!
Todas as minhas lembranças de criança,
de moça e do que sou atualmente.
E o que sou, agora?

Apenas uma alma que germina,
vive,
sofre,
ama
amará
até o último de seus dias!..

Todas as flores de minha lembrança.
Passado, presente e futuro,
nas mãos do Senhor.

Altiva, firme e corajosa,
esperando apenas as Flores de minha vida
que sempre germinaram, nunca secaram
das sementes que te dou, meu Amor!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

::: Crysgráficos&Design