Fez-se pura,
minha,
nua!

Fez-me amor,
como jamais!..

Planei,
amei,
gozei ,
até o espasmo final !..

Ah! Se a morte viesse agora,
iria tranquilamente,
pois momento de amor
como este,
nunca tive
com tanto esplendor!..

Fez-me amor tranquilamente..
Amei...
Amou...
Beijamo-nos longamente!..

Fez-se Pura...
Eternamente!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"




::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


CrysGráficos&Design
Webmaster e Designer:Crys