Cheiro de ti,
de tua seiva junto a minha,
querendo me dizer o quanto de amor
nesta música que nos lava a alma
nos tira a respiração, nos consome
e nos leva ao êxtase desta paixão!

Fitei teus olhos e te pedi:
" Faze-me amor, como só tu o sabes fazer!"
Encontra a flor submergida em mim!
Neste imenso suave langor,
me dá teu corpo ainda mais uma vez,
vê o que restou de mim, no recôndito de ti!

Ama-me, meu cúmplice e companheiro!
Mexe com meus nervos
com todos os meus anseios.
Não pares de me fazer feliz!

Tua sou, hoje, amanhã e depois!
Não me esqueças jamais!
Meu ginete encantado,
leva-me em tuas possantes asas,
no nosso mundo, onde fazemos o tudo!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"




 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::