Perdão, Pai, pelas minhas impaciências,
pelos momentos,
em que não soube ter a calma necessária,
para com os demais e comigo!

Perdão por todas as minhas falhas!
Perdão por não ter conseguido meu intento.
Perdão, se tenho vontade de chorar...

Perdão, se vejo a vida correr mais rápida,
se minhas pernas estão a fraquejar...
Perdão por todas minhas palavras não ditas,
quando deveriam ser cânticos de amor!..

Perdão por sempre defender os que amo.
E nem sempre o conseguir...
Perdão pelos amigos falhos,
pela decepção recebida,
pela ofensa dita, sem eu o merecer!

Perdão por todos aqueles
que não o merecem e já os perdoei!
Perdão, Pai, pois sofrestes mil vezes,
enquanto sofro poucas, tudo o que já passei!

E, nesta Exaltação ao Perdão,
peço-vos, Pai, o meu Perdão,
para mim, ser errante, faltoso,
querendo sempre aprender
a ser menos sensível, mais prática,
nesta vida ,em que Vos amo e amarei!

Oh Pai, Vos Peço Simplesmente :

" Perdão"!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

CrysGráficos&Design
Webmaster e Designer:Crys