Sem querer e sem pedir
se apossou de mim um terno sentimento,
dei-me a ele, com contentamento.
Nada mais era do que o
" Amor"

Com esta Sinfonia Pastoral, te componho,
em versos, me embalo nesta bela melodia
que me leva a ti!...

Pássaros cantam lá fora.
Borboletas volitam, procurando sua flor,
flores desabrocham, flores de seda contentes,
em ouvir esta melodia que as embalam,
cada vez mais, lindas, soberbas,
na pujança que as trouxe belas,
preencheram todo meu vaso,
com lindas flores de maio
que só resolveram aparecer agora...
Caem em cascata e dançam,
riem e me dão:
" Bom Dia "

A Natureza se faz em festa,
ouve eterna melodia,
retribue esta Sinfonia
com todo o seu " Amor"!..

Pastoral de Beethoven que amo com fervor.
Salve, Ilustre Mestre, me dando vida e calor!


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

 

::: Menu ::: Voltar :::


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

CrysGráficos&Design