És para mim,
Meu suave cantar,
Minha alegria enaltecida
Dos meus dias a orar,
Uma suave canção, à luz do luar!..

És para mim, a presença de Deus
que me acolhe neste amor
que vive a te exaltar!..

És para mim todas as flores do campo
que fico a imaginar...
O Sol que me aquece, quando sinto frio,
A luz que me irradia, meu doce raio de luar!..

És para mim tudo o que desejo,
neste amor tão belo e singelo,
com teu carinho, teus beijos,
nestas noites frias,
em que preciso me aquecer
com o teu calor, fonte do meu viver!..

És para mim, tudo o que desejo.
Vem, pra mim, não me faças morrer,
sem o teu amor, juntinho de mim,
pois se esperar mais um pouco,
sei que vou enlouquecer!..

Vem!
Vem pra mim,
Não me faças mais sofrer.
Te espero hoje, sob as estrelas.
E, quando vieres, traze todo o teu calor
Para fazer de mim teu mundo multicor!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"


::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


CrysGráficos&Design