E, num momento,
me deparei
com tudo que havia buscado,
tudo que havia sonhado, nessa vida!..
Nada mais era do que tu,meu adorado,
causa de todo o meu ser!..

Era tempo de acordar,
te ver mais uma vez
para poder te amar!

Como? Pensei eu...
estou a pé...
Como alcançar essa figura
que se desvanece,
nesse bosque, onde entrou?

Corri, mesmo a pé,
atrás deste semi-sonho,
pois não se sonha todo dia,
em que o céu salpicado
de estrelas, nos chama,
nos suplica, nos faz ver,
que tudo é pouco,
até nossa alma,
quando se tem ,
apenas um momento
para viver!..

Eda Carneiro da Rocha





CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!