E no seu corcel alado,
caminham almas dadas
recebidas e trocadas,
SantoAmor de Peregrino
neste céu de esplendor...

E muito mais caminharão,
almas que se encontraram,
almas de Música e Poesia
que jamais se deixarão!

Lânguidas, sôfregas enaltecidas,
um só companheiro as faz cavalgar:
" O Amor" depositado,
para sempre amado,
neste doce caminhar!..

E até ao Infinito, beijos irão trocar,
nesta ausência que perdura,
vida a palmilhar, com voos fortes,
Amor Alado, neste ginete gigante,
onde o " Amor" irá morar!..


Eda Carneiro da Rocha
” Poeta Amor”


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

Imagem top capturada na internet sem menção de autoria

::: CrysJuanGráficos&Design :::