Como nota musical,
não sei se, dó, ré ou mi
vôo pelo espaço,
procurando te encontrar...

E, nesse vôo quase rasante,
ergo-me,
bato minhas asinhas
e te encontro,
no esplendor deste céu tão nosso
e tão azul!..

Não tenho formas hoje.
Vim em branco, nesse espaço sideral.
Meu coração pequenininho pulsa forte,
procura teu biquinho,
para te dar alimento sagrado,
néctar de Amor!..

Alimentei-te!
Dei-te meu néctar!..
Estou feliz!..
Escutei o meu destino!..
Coloco-o nas mãos de Deus.
Ele nos proverá,
em fá, sol, lá e si!

Eda Carneiro da Rocha

***

Símbolo..

Entre as notas que juntas,
entoam a maviosa Sinfonia, denominada VIDA,
composta por DEUS e regida com maestria,
pelo Universo, flutuo eu, como um símbolo musical,
um dó, ré ou mi... talvez um fá, sol, lá, si!..

Em alguns momentos, sou clave de sol,
mostrando o início da melodia, que me envolve,
em harmonia de paz e amor, para te buscar aonde estiveres..
Em outros, sinto-me um diapasão,
querendo dar o tom adequado para nosso encontrar,
neste infinito espaço sideral, onde busco te alcançar
mesmo sendo pequeninas, as minhas asas!..
Momentos há, em que me transformo, em
Partitura, onde me coloco como símbolos
musicais, compondo a canção, que,
canta por ti, meu coração!..
E neste meu flutuar, nesta Sinfonia,
espero te encontrar, como o Adágio, que,
nos embalará ,no encontro de almas
que se buscam no espaço infinito,
para vivermos e consumarmos
este amor maior,
que nos incita a amar,
misturando nossa essência de vida,
em forma de mel,
adocicando a troca,
no Ato vivido,
desejado
e consumado,
nesta linda melodia que,
entre todos os símbolos
apenas quer dizer que:

És tu, o meu Destino!..

Thais S Francisco
"beijaflor"