Deixa Acontecer ...

Amar apenas!
Querer-te infinitamente...para sempre....
Tentar afoita não mais imaginar
o que poderia ser e não aconteceu.
Dar vazão ao sentir que queima dentro de mim
Lutar de forma insana para não aceitar
E tudo fazer para te trocar!

(Loucura, sim...!)

Não importa se é muito mais dar
do que receber...
E nessa dança, subjugada ao dar,
Girando desvairada , por-me a delirar:
Porque não me entregar... me entregar...
Porque não aceitar o que já é realidade
E ao teu lado não continuar...
Se em tua alma é o meu lugar?

As palavras de amor, todas...
Mil vezes entre beijos as multiplicar.
Deixar que os pensamentos possam voar
e através deles, então, conseguir estar
nos sonhos que ousares sonhar!
Ver-me em teu manso olhar e saber
Que o amor já aconteceu
Que sou tua e és meu!

Na magia da noite, quando é possuída a Lua
por brilhantes esparsos ao seu redor,
num círculo mágico do amor
te sentir finalmente dentro de mim...
Fazer desse momento uma canção de amor
Por que...
Nada mais há a conceber, senão...
Duas almas e um mesmo fim.

E...deixar acontecer!

Theca Angel


E… Deixar Acontecer

E deixar acontecer o amor vivido e não vivido.
Meus lamentos e meus prantos,
meus olhos, nos olhos,
minh’alma na tua,
minha boca procurando
a esmo esta canção de amor
que vingou e não continuou!
Parada brusca e total
me devora o pranto
dos dias meus, neste amor
que quase aconteceu.
E, se aconteceu,
guardo na memória inglória,
teus versos para mim, sem mim,
meu desejo no teu…
Ah! Como queria este amor
eterno e sublime
como deveriam ser todos os amores ,
cobertos de flores,
regados à Alegria Multicor,
que faz de mim, poeta insana,
te procurando,
não te achando
mas muito te amando!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

 

 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

Tubes: mistedpaisajes228_ByHebe/woman314_ByHebe

::: CrysJuanGráficos&Design :::