Dobrei meu joelho, diante de ti!
Diante deste amor imaculado
que tanto bem tem-me dado,
com as faces deste amor
em que te venero cada dia mais,
me sentindo muito feliz!..

Dobrei meu joelho,
quando vi lágrimas, em teus olhos,
lágrimas de saudade e alegria!..

Dobrei meu joelho, ao Pai,
pois não fosse Ele ,não estaria contigo,
hoje, amanhã e depois!

Neste amor que trago, em meu peito
me lanço no ar, como Águia veloz,
audaz que te pega, te leva ao ninho,
só faz te amar, te acarinhar!

Dobro meu joelho, diante da vida,
para agradecer esta Esperança querida
que jamais me deixa um momento sequer,
fazendo dos dias meus, a verdade dos teus!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

CrysGráficos&Design
Webmaster e Designer:Crys