Crioula!

Não negas à raça,
esse nariz empinado,
das ancas, esse langor merecido,
procurando fazer amor!

Raça linda que me leva
ao inebriar da paixão.
Dos sonhos, dois olhos doces,
demesuradamente abertos,
buliçosos, que me pedem ,de novo, amor!

Raça forte, da música enaltecida,
faz passos rebolativos que me deixam louco!..
Novamente estou pronto, para jogar esse jogo de sedução
que logo me apresso em me tornar ativo!

Envolvo minhas pernas nas tuas,
polvo emaranhado a que ela não diz não.
É moça bonita e só me dá tesão!
Do escuro, busco sua boca
que me é logo oferecida,
como romã amadurecida.
Como-a, sorvo-a, num frenesi!

És Crioula, na minha madrugada de poeta
que procura ávido esse amor,
Importam os sentimentos sentidos
que sinto por ti, Crioula!
És toda a Minha Paixão!..

Eda Carneiro da Rocha

 


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!