Choro por tudo que queria fazer e não fiz!
Choro pela perda de meus amigos que hoje deixei...
Choro por essa Nação, por essa Pátria
tão querida e enaltecida!

Pelo mais simples que sempre me ajudou...
Pela água pura que bebi,
pelo cafezinho sempre ofertado,
por essas mãos que mo traziam, todos os dias,
com essa humildade que parece fazer parte ,
dos que se julgam subalternos!
Choro pela minha Pátria amada,
por essa distância que ainda vou percorrer...

Rio, por voltar à sala de aula,
para dar sabedoria aos que precisam,
aos Universitários que tanto amo,
que me fazem compreender
que a vida é luta renhida,
onde só vivem os fortes
que tudo fazem para não perecer!

Vida, estou de novo aqui!
Com meu choro e alegria, recorro a ti!
Agradeço ao Pai aonde cheguei,
as coisas boas que pude fazer,
pedindo perdão por todas as que não fiz!

Mais uma etapa vencida,
mais uma vida na vida,
minha Pátria querida,
mais um dia de trabalho,
pelo pão de cada dia,
pelas dificuldades encontradas,
clamo a Vós, Pai dos Aflitos,
olhai por nós, por nossa Terra,
por nossos filhos.
Vida, de novo, estou aqui!

Eda Carneiro da Rocha

Poema dedicado a uma brasileira, Senadora :
Heloisa Helena Lima de Moraes Carvalho,
de uma Nação que espera a sua volta!





CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys

Midi: Andre Gagnon - Nocturne