Relendo-as, eu te vi...
olhos nos olhos, boca na minha,
alma, na tua.
Coração com coração...
Finalmente, esta canção...

Para nós, uma Carta de Amor que aquecerá
nossos corações...
Distância, sim! Saudade, não!..
Sairei correndo, carta na mão,
para te embalar, em meus braços, só teus...

Cingirei teu corpo amado,
não te deixarei sequer falar.
Cobrir-te-ei de beijos leves e ousados...
Esperarei teu olhar súplice, me pedindo amor.

Eu o farei ! Ah! Se o farei...
Enquanto aqui estivermos,
beijos de amor, cartas de amor, em minha mão,
mas perto de ti, para as ler com suavidade,
leveza na alma, pés no Infinito ,
bailando sempre nossa canção,
com tuas cartas na mão!..


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"




::: Menu ::: Voltar :::


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

CrysGráficos&Design