Apaixonei-me pela vida
pelo por do sol
pela lua
pelos morros
montanhas e vales
cascatas e córregos
cachoeiras imensas
vertentes minúsculas
pelas lindas borboletas
minúsculos beija-flores
palpitando lado a lado
corações tão grandes!

Apaixonei-me pelo céu cor do infinito
pelo rosa mesclado
pela paleta do pintor
pela escultura da vida
que vejo em Ti, Meu Senhor!

Apaixonei-me pela Tua grande obra,
dando Fé aos desesperançados
Saúde aos mais fracos
Alegria às crianças que nada tem.

Ah! Apaixonei-me e me apaixonarei mil vezes,
em que ouço o riacho sibilar Teu Santo Nome
na tarde que declina e na gota do orvalho
que sustenta esta linda flor!

Apaixonei-me pela zínia da estrada
que nasce sem sabermos como.
Pela grama e sua semente
proliferando florzinhas de amor!

Ah! Meu Jesus, como me apaixonei,
quando comecei a escrever, com alma
sentimento, alegria e dor!

Senhor, Obrigada por esta Paixão,
que me descortina inteira,
quando Te falo, como agora
nesta linguagem muda
de minha alma para a Tua,
agradecendo cada dia vivido,
cada semente de Felicidade
pela Graça concebida
nesta tarde que se vai
e pelo dia enaltecido.

Ah! Apaixonei-me...
Perdidamente apaixonada estou,
quando ouso levantar meus olhos,
agradecendo Teu Santo Nome
e Te louvando, Meu Senhor!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::