Como folhas esparsas,
corri,
deslizei,
amei!..


Como folhas ao léu,
rodopiei ,
num ballet incondicional
que se chama vida!

E nessa vida,
caminhei mil anos,
como folhas de outono, caídas,
inverno, ressequidas,
verão, lindas,
primavera, exaltação,
à beleza da terra,
da estação,
do amor entre as flores,
em que eu era uma delas,
cantando o meu amor
como folhas ao léu!.

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"




CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

Tube:Suzi Sgai

Música:Ernesto Cortazar - Angelica