Amor chuva, amor tempo,
atemporal que brinca comigo
nessa melodia imortal!..

Queres dançar?
Toma minha mão!
Queres me amar?
Toma meu corpo ,
cheio de pulsantes vibrações!..

E lá vou eu, atrás do amor,
ele atrás de mim!
Me procura, não me acha!
Sou a curva sinuosa do riacho
que sepenteia e vagueia,
nessa brincadeira de sons
dessa linda canção,
em que ouves meu coração!..

Pulsa, pula, corre e se esconde!
Na floresta encantada,
onde me escondi,
só para te amar,
nessa tarde morna,
nesse carinho quente
nessa alma tua
que pula,
pulsa,
vagueia,
te encontra ,
finalmente!..

Eda Carneiro da Rocha


 
 


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

CrysGráficos&Design