Como a esperança mais querida, uma quimera,
entraste, em minha vida!
Da argila fizeste a obra mais bela
que emoldurou um desejo infindo
inacabado, em sonhos, realizado!..

Rio de minha própria dor, amor!
Amor carinho, sensual, imaginado
por mim, em todo momento ,
nestes doces lamentos!..

Não vou, não quero ir!
Deixa-me ficar contigo, neste colo
tão conhecido, nesta boca tão sonhada,
neste beijo não acontecido!

Dou a ti todos os meus momentos,
que só conhecem o amor!
Que jamais conhecerão a dor,
pois és saudade enaltecida, amada e querida!

Não quero chorar, pois não posso mais.
Gastei todas as minhas lágrimas!
Vem, amor!
Acalenta toda a minha dor de amor!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"



::: Menu ::: Voltar :::

 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Tube:calguismistscenery/GinaTubefemme


CrysGráficos&Design
Webmaster e Designer:Crys